Pouse o garfo. A comida popular que causa “cancro, enfartes e morte”

Written by on 12/02/2019

Um novo estudo apurou que existe uma ligação entre comer alimentos ultra processados e morrer prematuramente.

Ingerir alimentos processados e fast-food pode tirar-lhe anos de vida.

Produtos de charcutaria, tais como bacon, chouriço, mortadela, salsichas, ou batatas fritas, pão branco, refeições pré-feitas, hambúrgueres, refrigerantes e cereais açucarados aumentam exponencialmente a probabilidade de sofrer uma morte precoce, garante uma equipa de cientistas franceses.

Os alimentos ultra processados tornam assim o risco de incidência de doenças como a obesidade, cancro e tensão arterial alta muito mais elevadas, sugerem.

Consumir apenas 10% de comida processada, aumenta o risco de incidência de morte prematura em 14%, garante a equipa de cientistas da Universidade de Sorbonne.

A equipa liderada pela investigadora chefe Laure Schnabel examinou as dietas de quase 45 mil indivíduos de meia idade – e concluiu que a ocorrência de doenças coronárias, cancro e de outras patologias crónicas está associada à ingestão de mais fast-food.

“A comida ultra processada contém ingredientes múltiplos. São geralmente alimentos prontos a comer, económicos e com um paladar acentuado – daí a propensão dos indivíduos para os ingerir, apesar dos impactos nocivos que têm para a saúde”.

Mais ainda, os cientistas salientam que estes alimentos contêm aditivos potencialmente cancerígenos, tais como nitrito de sódio e óxido de titânio, associados não só ao desenvolvimento de tumores, mas também ao aumento perigoso da pressão arterial.


Opiniões dos Leitores

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com asterisco *



Current track

Title

Artist

Background

LEITE CREMOSO BROLI

Pa um Dia cheio di  ENERGIA 
100% Leti puro di vaca di Holanda 
UM PRODUTO IMPORTEX