Current track

Title

Artist

Background

Estudo de Harvard explica como correr combate tristeza e depressão

Written by on 19/02/2019

Há muito que a ciência já comprovou que a prática de atividade física faz bem para a saúde física, mas agora, investigadores de todo o mundo têm se dedicado a entender melhor como o desporto pode influenciar o cérebro e o humor, e muitos acreditam que correr combate a tristeza e pode até melhorar quadros de depressão.

É o que sugere um estudo da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, que testou os efeitos diretos e imediatos da corrida no humor das pessoas.

Segundo os investigadores norte-americanos após a prática de atividades físicas moderadas, as pessoas estão psicologicamente mais fortes para controlar as suas emoções. Essa é a pesquisa liderada por Emily Bernstein e Richard McNally, da Universidade de Harvard, consistiu numa experiência que se baseou em atividades práticas, que incluem indução de mudanças no humor, para que os participantes pudessem ser avaliados em tempo real, identificando qual o tipo de influência que o exercício pode exercer.

Correr combate a tristeza?

Para efeitos daquela pesquisa foram avaliados 80 voluntários, e o estudo contou com duas etapas. Divididos em dois grupos, o primeiro participou em sessões com corridas e o segundo apenas com alongamentos. Antes de correrem durante 30 minutos, os voluntários do primeiro grupo tiveram que preencher um questionário de avaliação sobre o nível de cada tipo de emoção, como raiva, ansiedade, tristeza, medo, alegria, excitação e felicidade.

Após a corrida, os participantes repetiam as perguntas e eram expostos também a um trecho do que filme ‘The Champ’, com o intuito de induzir tristeza nos participantes.

Todavia, os investigadores constataram que após a atividade física moderada da corrida, os indivíduos estavam mais fortes para controlar suas emoções.

“Esta experiência sugere que os participantes que se exercitaram eram mais capazes de superar ou compensar as dificuldades iniciais do que os colegas que faziam apenas os alongamentos”, diz o estudo publicado. Esse quadro mostra que o exercício antes de uma experiência negativa diminui as respostas emocionais consequentes, principalmente em pessoas que querem combater sentimentos menos bons. Porém, mesmo em pessoas com dificuldade para controlar as suas emoções, a corrida ajuda a promover uma melhor recuperação mental e proteção contra emoções negativas.


Opiniões dos Leitores

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com asterisco *