Current track

Title

Artist

Background

Governo quer colocar o pais na rota do desenvolvimento inclusivo e sustentável

Written by on 20/02/2019

O Governo pretende contar com o apoio das Nações Unidas com vista ao financiamento da promoção de políticas de liderança para que o país possa ser colocado na roda do desenvolvimento inclusivo e sustentável.

O vice-primeiro-ministro fez esta manifestação à imprensa, esta manhã, por ocasião da missão de dois dias a Cabo Verde de uma delegação de directores regionais do Grupo de Desenvolvimento para África Ocidental e Central das Agências das Nações Unidas, tendo avançado que este “relacionamento excelente” tem sido marcado pele apoio aos jovens, ao nível do desenvolvimento institucional e no reforço da resiliência.

Olavo Correia, avançou, igualmente, que o Governo quer contar com o apoio das Nações Unidas para o financiamento da agenda estatística Censo’2020 e “sobretudo uma narrativa pro-desenvolvimento, juventude e mulheres, enquanto um parceiro neutro, de todas as horas sem interesses financeiros ou comerciais”.

“Estamos bem com as Nações Unidas e vamos fazer cada vez melhor para os jovens, mulheres e para as ilhas com o suporte presente e permanente das Nações Unidas”, elucidou o governante, para quem os projectos financiados estão a “andar bem”, ainda que clame por mais celeridade, para que o sector privado passa desempenhar um papel cimeiro.

Pretende-se, com esta missão, promover um conhecimento mais aprofundado do contexto de desenvolvimento social e económico do país, discutir e analisar formas de fortalecer o compromisso do Sistema das Nações Unidas em Cabo Verde, enquanto um pequeno estado insular e a sua graduação a PDM (País de Desenvolvimento Médio).

O encontro debruça-se ainda sobre a Reforma das Nações Unidas que preconiza mais integração e coerência do sistema para apoiar os países a atingir os Objectivos do Desenvolvimento Sustentado (ODS), pelo que a missão terá ainda encontros de alto nível com o Governo e outros parceiros.

Vão ser discutidas e analisadas as grandes linhas estratégicas do desenvolvimento sustentável, no país no âmbito da implementação do Quadro de Cooperação das Nações Unidas para o Desenvolvimento 2018-2022 (UNDAF) e do PEDS.

Cabo Verde afigura-se como o único país do mundo em que as Nações Unidas têm um modelo único de Escritório Conjunto completamente integrado entre três agências, fundos e programas.


Opiniões dos Leitores

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com asterisco *