Current track

Title

Artist

Background

Novo balanço do Idai aponta para pelo menos 217 mortos em Moçambique

Written by on 21/03/2019

Três mil pessoas já foram resgatadas, mas 15 mil ainda precisam de socorro urgente.

O ministro da Terra e do Ambiente de Moçambique, Celso Correia, fez um novo balanço do número de vítimas provocadas pela passagem do ciclone Idai pelo país. O número de mortos subiu para pelo menos 217, segundo a Reuters.

Celso Correia referiu ainda que três mil pessoas já foram resgatadas, mas que cerca de 15 mil pessoas continuam a aguardar para serem resgatadas pelas equipas de emergência.

Há receios que o número de mortos continue a aumentar nos próximos dias. Nesta altura muitas regiões moçambicanas estão inacessíveis e é impossível ter uma ideia mais concreta da real dimensão deste desastre humanitário

Filipe Nyusi, o presidente moçambicano, chegou a dizer que o número de vítimas mortais pode superar as mil.

O ciclone Idai atingiu particularmente a cidade da Beira com ventos com velocidades superiores a 170 quilómetros por hora na passada quinta-feira. 

Moçambique declarou o estado de emergência e pede ajuda internacional. Portugal já respondeu a esse pedido. Na madrugada desta sexta-feira partiu um C-130 do aeródromo de Figo Maduro, em Lisboa, com destino a Moçambique.

No aparelho seguiram 25 membros dos fuzileiros, dez do exército, três da força aérea e dois da GNR. Esta equipa vai auxiliar nas operações de busca e de salvamento no país.

O Zimbabué e o Malawai também foram afetados pela passagem do ciclone. No total, já morreram mais de 300 pessoas nestes três países. 

O ciclone Idai é considerado uma das piores tempestades que atingiram o sul de África nas últimas decadas.


Opiniões dos Leitores

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com asterisco *