Current track

Title

Artist

Background

No casamento cristão, a mulher é “submissa”, diz ministra brasileira

Written by on 22/04/2019

Damares Alves é quem tutela a pasta da Mulher, Família e Direitos Humanos do executivo de Jair Bolsonaro.

Aministra brasileira Damares Alves explicou que, na sua visão do casamento, baseada no cristianismo, a mulher deve ser submissa ao homem.

Conta o G1 que a declaração da ministra brasileira foi feita durante uma audiência pública na Comissão de Defesa dos Direitos das Mulheres na Câmara, na última quarta-feira.

Questionada pela deputada Alice Portugal sobre se a mulher deveria ser submissa ao homem, Damares Alves afirmou que, dentro da doutrina cristã, o homem é o líder do casamento.

Dentro da doutrina cristã, sim. Dentro da doutrina crista, lá dentro da igreja, nós entendemos que um casamento entre homem e mulher, o homem é o líder do casamento. Então essa é uma percepção lá dentro da minha igreja, dentro da minha fé”, afirmou, acrescentando depois que isso não quer dizer que a mulher deva  “baixar a cabeça para o patrão, para o agressor e para os homens que estão aí“.

Damares Alves, que é também pastora evangélica, foi a escolhida pelo presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, para assumir o ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos. No seu primeiro discurso oficial, fez questão de salientar que “o Estado é laico, mas esta ministra é terrivelmente cristã”

Entre outras declarações já enquanto ministra que se destacaram, a Damares Alves ficou também conhecida pela sua afirmação sobre o que as crianças devem vestir: “menino veste azul, menina veste rosa”.


Opiniões dos Leitores

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com asterisco *