Current track

Title

Artist

Background

Cocaina encontrada em camarões no Reino Unido

Written by on 03/05/2019

Para além da droga, os camarões continham ainda cetamina, uma substância utilizada principalmente para induzir e manter a anestesia.

Investigadores descobriram cocaína em todas as amostras de camarão testadas numa área rural do leste de Inglaterra. Para além do produto estupefaciente, os crustáceos tinham cetamina, uma substância utilizada principalmente para induzir e manter a anestesia.

Cientistas do King’s College London, em colaboração com a Universidade de Suffolk, foram os autores da descoberta que está a surpreender tudo e todos depois de terem sido recolhidas amostras de mais de 15 locais do condado de Suffolk, no Reino Unido. 

Está ainda por apurar “se a presença de cocaína em animais aquáticos é um problema em Suffolk, ou uma ocorrência mais generalizada no Reino Unido e no exterior, aguardando-se novas pesquisas”, disse Nic Bury, da Universidade de Suffolk, ao The Guardian.

O estudo, publicado na Environment International, analisou os níveis de vários “micro-poluentes” em camarões de água doce. E a cocaína “foi encontrada em todas as amostras testadas e outras drogas ilícitas, como cetamina, pesticidas e produtos farmacêuticos, também disseminados nos camarões recolhidos”.

Já o principal autor do estudo, Thomas Miller, acrescentou ainda que “as concentrações eram baixas”, mas que os compostos “podem representar um risco para a vida selvagem”.

A contaminação das águas por resíduos de drogas é um problema crescente, com resíduos de inseticidas e drogas a entrar no sistema. Leon Barron, também investigador, catalogou esta ocorrência regular de drogas ilícitas na vida selvagem de “surpreendente”. “Poderíamos esperar vê-los em áreas urbanas como Londres, mas não em bacias menores e mais rurais”, acrescentou.


Opiniões dos Leitores

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com asterisco *