Current track

Title

Artist

Background

Polícia Nacional avisa que irá responsabilizar autores de “noticias” criadas com o objetivo de criar insegurança nas pessoas

Written by on 15/05/2019

A Polícia Nacional (PN) fez saber hoje que irá tomar as medidas que se impuserem com vista a responsabilização das pessoas que produzem falsas notícias com o objetivo de criar insegurança nas pessoas.

Este aviso surge na sequência de uma “notícia” veiculada nas redes sociais sobre um alegado caso de rapto de uma criança, que se encontrava dentro de uma viatura, amarrada e com ferimentos, na localidade de Bela Vista, Cidade da Praia.

Sobre a referida notícia, a PN fez saber, através de um comunicado emitido hoje, que a mesma “não corresponde a verdade”.

Explicando, a Polícia Nacional disse que no dia 12 de Maio, a Unidade de Piquete da Praia foi accionada, através do Centro de Comando, que recebera uma chamada, denunciando um alegado caso de rapto, envolvendo uma viatura que circulava no bairro da Bela Vista, com um indivíduo sequestrado e amarrado.

De imediato, disse a mesma, o Serviço de Piquete se deslocou ao local para avaliar da veracidade dos factos denunciados. No local, prosseguiu a mesma fonte, a PN encontrou a referida viatura, com três pessoas no seu interior, todos do sexo masculino.

“Os mesmos, de 18, 20 e 31 anos de idade, alegaram serem amigos e que estavam ali à procura de um cão da raça, que tinha desaparecido”, lê-se.

Mesmo assim, a PN, fez saber a mesma fonte, efectuou uma busca na referida viatura, tendo apenas encontrado uma coleira para cães.

Por isso, informou a Polícia Nacional que, contrariamente ao que as imagens veiculadas nas redes sociais pretendem fazer crer, na viatura não se encontrava ninguém amarrado e tão pouco se encontravam crianças, apenas os indivíduos acima referidos. No entanto, pela natureza da denúncia, a PN identificou os referidos indivíduos e os encaminhou para a Polícia Judiciária, para averiguações.

A PN aproveita para apelar à serenidade e confiança da população e reiterar a sua “firme determinação” no cumprimento da sua missão, “trabalhando diariamente para a protecção dos cidadãos e melhoria do clima de segurança no país”.

Aquela força policial apelou, igualmente, à responsabilidade e precisão na partilha de conteúdos que, quando descontextualizados, como é o caso, provocam alarme social e interferem negativamente com vários sectores da sociedade.


Opiniões dos Leitores

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com asterisco *