Current track

Title

Artist

Background

Quanto protetor solar devo aplicar? É simples, use uma colher para saber

Written by on 03/06/2019

Todos sabemos a importância de utilizar protetor solar assim que o tempo começa a aquecer, mas será que sabe a quantidade certa que deve aplicar em diferentes partes do corpo?

De acordo com um estudo britânico, mais 30 milhões de indivíduos não sabem de facto aplicar protetor solar – estimando que 67% utiliza menos do que é recomendado.

Seis colheres de chá

A Associação Britânica de Dermatologistas recomenda que um adulto deve aplicar pelos menos seis colheres – ou 36 gramas – de creme por todo o corpo.

Todavia, estima-se que em média os indivíduos apliquem apenas o equivalente a três colheres de chá.

Os especialistas creem que provavelmente tal acontece por que temos de facto dificuldade em visualizar a quantidade apropriada de protetor que necessitamos.

Face e pescoço

Recomenda-se metade de uma colher de chá.

Braços

Dermatologistas referem que deve aplicar uma colher de chá.

Pernas e glúteos

Deverá utilizar uma colher de chá para cada perna. E metade de uma colher na zona dos glúteos.

Frente (peito e abdómen) e costas

Aplique uma colher de chá, uma na parte da frente e outra para cobrir a área das costas.

As zonas mais comuns para apanhar um escaldão

  1. Sola dos pés – 94%;
  2. Glúteos – 87%;
  3. Couro cabeludo/risca – 80%;
  4. Lábios – 77%;
  5. Pálpebras – 75%.

Cancro da pele

De acordo com informações divulgadas pelo Hospital da Luz, o cancro de pele é a neoplasia maligna mais frequente na população Europeia. Nas últimas décadas, a incidência dos vários tipos de cancro de pele aumentou de forma significativa, essencialmente devido à mudança de comportamentos em relação à exposição solar.

Os tipos mais frequentes de cancro de pele são o carcinoma basocelular e o carcinoma espinocelular, representando, em conjunto, cerca de 90% de todas as neoplasias cutâneas.

O melanoma, apesar de menos comum, é o mais grave. Representa cerca de 10% de todos os casos de cancro da pele é responsável por mais de dois terços das mortes por cancro de pele, essencialmente quando diagnosticado tardiamente. Nos últimos 20 anos, a sua incidência aumentou substancialmente, estimando-se que em Portugal ocorram cerca de mil novos casos, por ano. A mortalidade global, por melanoma, aos 5 anos, ronda os 15%.


Opiniões dos Leitores

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com asterisco *