Current track

Title

Artist

Background

Maio: MpD contrapõe a oposição e considera que a ilha está a ter uma “mudança visivel”

Written by on 25/09/2019

A bancada do MpD na Assembleia Municipal do Maio contesta o discurso da oposição alegando que a ilha está a ter uma “mudança visível”, principalmente na vertente da requalificação urbana, onde “já foram investidos cerca de 100 mil contos”.

Segundo a líder da bancada do MpD na Assembleia Municipal (AM), Ivanira Silva, em quase todas as localidades já foram realizadas obras no quadro do Programa de Requalificação, Reabilitação e Acessibilidades (PRAA) que, conforme defendeu, tem vindo a criar postos de trabalho para as pessoas, que estão a exprimir as suas satisfações depois das conclusões dos mesmos.

“Todas as localidades estão a ser beneficiadas com espaços verdes e de lazer, tanto crianças, jovens e adultos, também as famílias têm vindo a ser beneficiadas com a reabilitação das suas casas, pinturas de fachadas embelezando assim as suas ruas, localidades, vilas e cidade, tornando-as mais atractivas para moradores e visitantes”, salientou.

Ivanira Silva destacou ainda o sector da educação que, de acordo com aquela líder da bancada municipal do MpD (situação), durante o ano lectivo 2018/19, conheceu um dos seus momentos “especial”, visto que os estudantes, viram o problema dos transportes escolares a serem resolvidos com a chegada dos dois autocarros novos adquiridos pela autarquia maiense”.

O sector da saúde, de acordo com a representante da bancada do MpD na AM, também conheceu “melhorias”, justificou, apontado como exemplo a “boa parceria” entre a Câmara Municipal do Maio, a Delegacia de Saúde e a Associação de Crioulas Unidas dos Estado Unidos de América que, segundo avançou, “beneficiou centenas de maienses.

Na opinião de Invanira Silva, tanto o governo local como central adoptaram uma “boa” política para fazer face aos dois maus anos agrícolas que assolaram a ilha, criando postos de trabalho, assim como disponibilizando ração aos criadores de gado a um preço acessível, aliás, defendeu: “se não fosse a seca, a ilha estaria ainda muito melhor, só para terem uma ideia, no ano de 2017, a taxa de desemprego rondava os 9,8% e em 2018 descemos para 9% e a do subemprego desceu de 23 para 17%”.

Para a líder da bancada do MpD na AM, há cada vez maior fluxo de carga e passageiro e afiançou que, de acordo com os dados, a taxa turística tem vindo a aumentar, acrescentou que “dados oficiais apontam que apenas no primeiro semestre de 2019, a receita com a taxa turística já é o dobro do valor arrecadado em 2017/2018”.

O abastecimento da água na ilha, na óptica de Ivanira Silva, tem vindo a melhorar significativamente, com oferta em quantidade e qualidade, pelo que admitiu que tudo aponta que a ilha está a “transformar” e que os leva a acreditar que o futuro será melhor do que o presente, começando com a requalificação do porto, que diz estar convicto de que “brevemente” as obras vão arrancar, o que, na sua opinião, vai dinamizar a economia local.

Sintetizou, dizendo que a única promessa de campanha que falta por concretizar, tem que ver com a construção dos dois campos relvados nas vilas de Calheta e Barreiro, todavia manifestou toda a sua convicção de que brevemente a edilidade vai lançar as obras e com isto poderão dizer que o presidente e a sua equipa concluíram o programa apresentado na campanha.


Opiniões dos Leitores

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com asterisco *