Current track

Title

Artist

Background

Patudos em casa, 8 dicas para manter o lar limpo. Evite o cheiro a ‘cão’

Written by on 25/09/2019

Sim, é possível criar um cão num apartamento e ao mesmo tempo manter um ambiente limpo e saudável para si e para o seu animal.

Ter um cão num apartamento ou casa é sempre uma alegria, mas exige muita dedicação e cuidados especiais com a saúde do animal, bem como com a limpeza da casa.

No caso dos apartamentos, quando os bichos vivem num ambiente fechado, a atenção deve ser redobrada: os cães, principalmente, podem deixar um odor bem característico.

Como tal, ter um animal de estimação num apartamento pode ser algo trabalhoso, mas ainda assim é fazível!

Eis algumas dicas, divulgadas pela Globo, para manter a casa limpa:

1. Mantenha uma rotina de limpeza, simples e eficaz

Elabore um plano semanal que possa cumprir. Algumas atividades devem ser feitas diariamente ou em dias alternados no como varrer a casa, aspirar os sofás e lavar com a esfregona.

Recolher fezes e xixi do cachorro é uma tarefa necessariamente diária, limpando o espaço que ele usa para fazer as necessidades com um pano com álcool ou desinfetante.

2. Treine o seu cão

Ensinar o animal a fazer as necessidades num só local é fundamental para manter a higiene no lar. O ideal é começar a ensiná-lo logo no primeiro dia do cão em casa, limitando o espaço onde fica e forrando-o com jornais; ou deixá-lo solto pela casa, mas deixar um local como o ‘WC’ do bicho, colocando os jornais no chão e levando-o sempre até lá quando ele estiver prestes a fazer as necessidades. Após algum tempo o cão irá habituar-se à rotina e dirigir-se-à por si próprio a esse espaço.

3. Evite o excesso de pelos pela casa

O aspirador é um aliado imprescindível para quem tem um cão num apartamento. Os bichos acabam inevitavelmente por soltar muito pelo e algumas raças soltam mais que outras. Se esse é o caso do seu melhor amigo, escove-o todos os dias com uma escova apropriada e mantenha a tosquia em dia.

4. Limpe sempre os comedouros e bebedouros

Diariamente, ao fim do dia, lave estes recipientes e substitua a água do seu cão. A humidade no prato de comida pode causar fungos e provocar uma dor de barriga ou um quadro de intoxicação no bicho.

5. Elimine o cheiro característico a cão

Existe uma ótima solução caseira para tirar de uma vez por todas aquele cheirinho característico com o qual os donos até podem acostumar-se, mas as visitas sentem sempre.

Dilua três colheres de sopa de vinagre de vinho branco num litro de água e passe com um pano no chão. O vinagre é um líquido poderoso quando se trata de eliminar os odores, não mancha o piso e não causa alergias.

6. Limpe bem os sofás e tapetes

Acidentes podem acontecer e há sempre o risco de o cão fazer xixi, cocó ou até mesmo vomitar sobre o sofá, poltrona ou tapete.

Se isso acontecer, no caso de fezes ou vómito, retire toda a parte sólida e comece a limpeza: limpe com água e detergente, esfregando com uma esponja.

Para retirar o cheiro, use a mesma solução de água e vinagre, mas com outra medida: 100 ml de água para 50 ml de vinagre. Borrife no local sem esfregar.

7. Dê banho frequentemente

Um cachorro que vive num ambiente fechado deve tomar banho uma vez por semana, em média (consulte um veterinário para saber se a raça do seu cão permite essa frequência). Leve-o a um pet shop de confiança, dê banho em casa ou compre produtos para um banho a seco.

8. Aposte em aromatizadores de ambiente

Os produtos disponíveis no mercado para perfumar não resolvem o problema do cheiro do animal, mas podem ajudar a deixar a casa com um aroma mais agradável. Compre produtos perfumados específicos para passar no chão, aromatizadores de ambiente, incensos e borrifadores de perfume para a casa. Depois de uma boa limpeza, finalize com esses produtos para deixar um cheirinho agradável no ar.


Opiniões dos Leitores

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com asterisco *