Current track

Title

Artist

Background

Sal: Nova directora almeja Hospital do Sal uma referência de serviço de saúde de qualidade prestada à população

Written by on 04/02/2020

A nova directora do Hospital Regional Ramiro Alves Figueira, na ilha do Sal, quer fazer do estabelecimento hospitalar uma referência de serviço de saúde de qualidade prestada à população.

Cláudia Silva manifestou esta vontade, ontem, 03, durante a sua intervenção no acto de tomada de posse da nova direcção do Hospital Regional Ramiro Alves Figueira, presidido pelo ministro da Saúde e Segurança Social, Arlindo do Rosário.

“Com o apoio e cooperação de todos, almejamos alcançar a nossa meta: ter um hospital pronto para responder as demandas da população, com boa capacidade de adaptação a adversidades para que possamos ser uma referência quanto ao serviço de saúde de qualidade que prestamos à nossa população”, manifestou.

Segundo a Cláudia Silva, a criação do Hospital Regional Ramiro Alves Figueira pelo decreto-lei nº43/19 de 24 de Setembro, constitui “um importante ganho” para o sistema nacional de saúde, já que, conforme disse, vai desempenhar um papel de “elevada importância” na melhoria do serviço prestado aos utentes e na melhoria da saúde, em geral, das ilhas do Sal, Boavista e São Nicolau, o que constitui uma cobertura demográfica em cerca de 70 mil habitantes, e em constante desenvolvimento.

“Temos consciência de que há grandes desafios para enfrentarmos e para isso necessitaremos de uma forte dinâmica para vencê-los e obter ganhos importantes na capacidade de resposta”, frisou, referindo que as grandes prioridades prendem-se com a materialização da política nacional de saúde a nível secundário, com oferta de cuidados hospitalares diferenciados numa “gama maior e de melhor qualidade”, em complementaridade à atenção primária.

A nova directora do Hospital do Sal, referiu ainda, que para que esta direcção possa atingir os seus objectivos maiores que incluem a melhoria “significativa” da qualidade da prestação clínica, a promoção da equidade no acesso aos cuidados de saúde, assegurar a acessibilidade e elevar o nível de humanização dos serviços de atendimento, a diminuição das listas de espera, necessitará de um reforço a nível de recursos humanos em áreas específicas.

“Para que possamos desempenhar cabalmente o papel do Hospital Regional. O conselho de administração do Hospital Regional Ramiro Alves Figueira conta com a cooperação de todos: dos nossos colaboradores directos, a nível central e municipal, do sector público e do privado”, concluiu, dirigindo uma palavra de apreço à liderança cessante, pelo trabalho realizado e por todo o apoio disponibilizado nesta fase de transição.


Opiniões dos Leitores

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com asterisco *