Current track

Title

Artist

Background

Porto Novo: Familias do Planalto Norte com “sérias dificuldades económicas” pedem suspensão temporária da taxa de luz eléctrica

Written by on 06/04/2020

As famílias no Planalto Norte, no Porto Novo, dizem enfrentar “sérias dificuldades económicas”, devido às restrições impostas pelo estado de emergência e pedem à edilidade para suspender, temporariamente, o pagamento da taxa de energia eléctrica.


Planalto Norte possui uma central fotovoltaica solar, gerida pela Câmara Municipal Porto Novo, que fornece luz eléctrica a 50 famílias, as quais propõem à autarquia a suspensão, por “alguns meses” do pagamento da taxa de energia, que varia entre os 750 escudos e 1.500 escudos mensais.

É que as medidas adoptadas pelo Governo para se evitar a propagação do novo coronovírus (covid-19) em Cabo Verde acabaram por paralisar a pecuária, a única actividade económica praticada nesse planalto, onde as famílias estão sem quaisquer rendimentos, explicou o porta-voz Luciano Santos.

Por isso, essas famílias entendem que a câmara do Porto Novo deveria isentá-las, por algum período, do pagamento da taxa de energia eléctrica, já que a grande maioria dessas famílias vai ter “sérias dificuldades” para assumir este encargo, por falta de rendimentos.

“Neste momento, a pecuária está completamente paralisada no Planalto Norte. As famílias não têm quaisquer rendimentos”, notou Luciano Santos, que pediu às autoridades municipais que levem em consideração a preocupação das famílias, que estão a passar por “sérios problemas”.

A  associação comunitária Luz Verde do Norte, no Planalto Norte, já tinha alertado para a situação das famílias nessa parcela do território municipal, que, sem rendimentos, enfrentam “uma situação de extrema venerabilidade”, tendo lançado uma campanha denominara “Norte solidário” para socorrer a população com géneros de primeira necessidade.

No âmbito da campanha de recolha de bens alimentares, que decorre no Porto Novo, a cargo da câmara municipal, da cruz vermelha e das confissões religiosas, foram distribuídas, este sábado, cestas básicas às famílias no Planalto Norte, facto que comprova, segundo a associação, a “situação social difícil” por que passa essa localidade, onde residem perto de 70 famílias.

Fonte: Sapo.cv


Opiniões dos Leitores

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com asterisco *