Current track

Title

Artist

Background

“Beber álcool não mata a Covid-19. Pelo contrário”

Written by on 20/04/2020

A crença de que a ingestão de bebidas alcoólicas combate a Covid-19 já fez algumas vítimas mortais pelo mundo. Como tal, a Organização Mundial de Saúde lança um alerta.

Numa altura em que o novo coronavírus continua a fazer vítimas mortais em todo o mundo, a Organização Mundial de Saúde relembra que “a ingestão de bebidas alcoólicas não mata o vírus”. Aliás, até tem o efeito contrário.

Num comunicado, emitido durante esta semana, a organização mundial refere que o consumo de álcool enfraquece o sistema imunitário. Como tal, incentiva os países a limitarem o seu consumo durante esta altura.

“Em tempo de quarentena, devido à pandemia de Covid-19, o consumo de álcool pode exacerbar a vulnerabilidade da saúde, a adoção de comportamentos de risco, problemas mentais e violência”, lê-se.

Numa altura em que já foram registadas mortes devido ao consumo de álcool com a crença de que mataria o vírus, a OMS desmistificou as teorias de que “beber mata a Covid-19” ou “torna as pessoas imunes”.

“O consumo de álcool está associado a vários tipos de doença e distúrbios mentais, que podem fazer com que a pessoa fique mais vulnerável ao novo coronavírus. Mais concretamente, o álcool compromete o sistema imunitário e aumenta o risco de outras complicações. Desta forma, as pessoas devem minimizar o consumo de álcool, especialmente durante a pandemia”.


Opiniões dos Leitores

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com asterisco *