Current track

Title

Artist

Background

Covid-19: 80% dos casos identificados têm sido casos com ligeiros sintomas ou assintomáticos, dizem autoridades

Written by on 22/04/2020

O director nacional de Saúde, Artur Correia, revelou ontem, 21, que 80 por cento (%) dos casos positivos e identificados em Cabo Verde têm sido casos com ligeiros sintomas ou então assintomáticos, facto que considerou ser “muito positivo”.

“Quero dizer que os dados disponíveis apontam que 80% dos casos positivos e identificados em Cabo Verde têm sido casos com ligeiros sintomas ou então assintomáticos. O que também é muito positivo e está de acordo com o que tem acontecido a nível mundial”, disse.

Artur Correia, que falava na habitual conferência de imprensa para fazer o ponto de situação da covid-19 no País, resumiu que há 68 casos confirmados a nível de Cabo Verde, nas três ilhas, Santiago, São Vicente e Boa Vista.

Desses, afirmou, 81%, 54 dos 67 casos, são da Boa Vista, ao passo que os casos da Praia representam “somente” 16%. Os restantes 3%, apenas um acaso, representa São Vicente.

“Estamos num bom caminho para aguentar isso conjuntamente”, afirmou Artur Correia, anotando que o espalhar dos casos a nível dos vários bairros tem a ver com o nível de circulação dos casos positivos.

Segundo completou, chegou-se a verificou que uma pessoa, da cidade da Praia, só tinha quase 100 contactos em vários bairros, até em São Domingos, interior da ilha de Santiago, facto que, defende, interpela a todos os cabo-verdianos a ppôr a mão na consciência e ver se, de facto, se está a ter um bom comportamento.

“Cerca de 80% dos casos são assintomáticos, agora estamos a descobrir que, com base nos dados epidemiológicos, afinal o vírus já estava em circulação na Boa Vista antes de termos aberto os hotéis, porque os dois casos que vieram da Boa Vista, as pessoas tinham saído da Boa Vista antes da abertura dos hotéis, só podiam ter contraído o vírus na comunidade”, afiançou.

Para Artur Correia, é difícil saber até que ponto o vírus não esteja a circular no interior de Santiago.

“Já vimos que há contactos, as pessoas, apesar do estado de emergência, estão a circular entre os vários concelhos e temos que saber lidar com isso e tentar ser mais velozes do que o vírus. Estamos atentos e vamos fazer todos os possíveis para mitigar, diminuir os estragos que essas fragilidades nos obrigam”, completou.

Quanto ao caso suspeito de Santa Cruz (Santiago), hoje anunciado, o director nacional de Saúde disse foi identificado nesta segunda-feira e que o processo de identificação de contactos levou a identificação de, pelo menos, 21 pessoas.

“Vamos aprofundar, entre hoje e amanhã [quarta-feira] teremos mais dados para podermos tirar uma conclusão. Por enquanto ainda não terminamos o processo investigativo”, finalizou.

Cabo Verde conta com 68 casos positivos, sendo 52 na ilha da Boa Vista, 14 na cidade da Praia (dois dos quais vindos da Boa Vista), um no concelho do Tarrafal e um na ilha de São Vicente.

Dos casos confirmados, registou-se um óbito, um cidadão inglês de 62 anos, que se encontrava de férias na ilha da Boa Vista, e um doente recuperado.

A nível global, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 165 mil mortos e infectou quase 2,5 milhões de pessoas em 193 países e territórios. Mais de 537 mil doentes foram considerados curados.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detectado no final de Dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Fonte: Sapo.cv


Opiniões dos Leitores

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com asterisco *