Current track

Title

Artist

Background

Covid-19: Iniciativa “regresso à casa” não se aplica para pessoas provenientes de ilhas com casos positivos, diz Governo

Written by on 24/04/2020

O Governo esclareceu ontem, 23, que a iniciativa “regresso à casa” não se aplica para pessoas provenientes de ilhas com casos positivos de covid-19, mais precisamente Santiago, Boa Vista e São Vicente.

Em comunicado, o executivo relembra que aprovou uma resolução que prevê o regresso à residência habitual de cidadãos que por motivo de interdição de voos e ligações inter ilhas ficaram retidos fora da ilha onde habitualmente vivem.

“Existem situações de pessoas que por força da interdição dos voos e ligações marítimas ficaram retidas numa ilha que não é da sua residência habitual e cujos filhos menores, incluindo bebés, estão noutra ilha”, completou.

O comunicado do Governo refere ainda que o mesmo se passa com pessoas que têm idosos e deficientes a seu cargo, pessoas com problemas de saúde e que precisam de acompanhamento familiar e outras situações que recomendam o regresso à casa.

“Trata-se de uma medida de aplicação excecional e que só será autorizada mediante a realização de dois testes laboratoriais negativos, quarentena obrigatória na ilha de destino e realização de teste antes do final da quarentena. A autorização compete ao ministro da Administração Interna”, acrescenta a mesma fonte.

Neste sentido, o executivo informa que, até que a situação epidemiológica recomende o contrário, a iniciativa “regresso à casa” prevista na Resolução nº 63./2020, de 20 de Abril não se aplica para pessoas provenientes de ilhas.

Cabo Verde regista actualmente 82 casos de covid-19, sendo 52 na ilha da Boa Vista, 28 no município da Praia (dois dos quais vindos da Boa Vista), um no concelho do Tarrafal e um na ilha de São Vicente.

Dos casos confirmados, registou-se um óbito, um cidadão inglês de 62 anos, que se encontrava de férias na ilha da Boa Vista, e um doente recuperado.

A nível global, segundo um balanço da AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 184 mil mortos e infectou mais de 2,6 milhões de pessoas em 193 países e territórios.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detectado no final de Dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Para combater a pandemia, os governos mandaram para casa 4,5 mil milhões de pessoas (mais de metade da população do planeta), encerraram o comércio não essencial e reduziram drasticamente o tráfego aéreo, paralisando sectores inteiros da economia mundial.

Fonte: Sapo.cv


Opiniões dos Leitores

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com asterisco *