Current track

Title

Artist

Background

Estado de emergência: Bancos comerciais deverão garantir atendimento até as 15 horas

Written by on 04/05/2020

Os bancos comerciais deverão garantir atendimento ao público e de forma ininterrupta até as 15:00, com a prorrogação do estado de emergência nas ilhas da Boa Vista e de Santiago, conforme decreto-lei publicado no Boletim Oficial.

A publicação da I Série n° 55 de 02 de Maio, determina que para efeitos de atendimento ao público, prestação de serviços essenciais ou prioritários os bancos comerciais e similares, seguradoras, previdência social e Correios, deverão garantir o atendimento até as 15:00 de forma ininterrupta.

O serviço de fornecimento, distribuição, venda e abastecimento de bens alimentares, de género beleza e outros bens essenciais, podem, segundo a mesma fonte, manter a respectiva actividade até as 18h00, devendo encerar durante todo o dia de domingo, enquanto as padarias podem manter a respectiva actividade até as 20:00.

O Parlamento autorizou este sábado o Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, a estender o estado de emergência até 14 de Maio para as ilhas de Santiago e Boa Vista por conta da pandemia covid-19.

O pedido foi aprovado, por unanimidade, numa sessão extraordinária em que participaram 67 deputados, dos quais 26 virtualmente, impedidos de se deslocar à capital cabo-verdiana por causas das imposições sanitárias impostas neste contexto de pandemia.

Cabo Verde regista 152 casos de covid-19, distribuídos pelas ilhas de Santiago (93), da Boa Vista (56) e de São Vicente (três).

Destes casos testados positivos há a registar 18 recuperados e duas mortes – um cidadão inglês de 62 anos que se encontrava de férias na ilha da Boa Vista, e uma senhora de mais de 90 anos do concelho da Praia.

A nível global, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 244 mil mortos e infectou quase 3,45 milhões de pessoas.

Cerca de 1,1 milhões doentes foram considerados curados.bancos

A doença é transmitida por um novo coronavírus detectado no final de Dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Fonte: Sapo.cv


Opiniões dos Leitores

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com asterisco *