Current track

Title

Artist

Background

Covid-19: Cabo Verde anuncia plano para saida controlada da emergência na próxima semana, diz PM

Written by on 08/05/2020

O Governo cabo-verdiano anuncia na próxima semana a calendarização da saída progressiva e controlada do estado de emergência e das medidas que vão passar a vigorar, para controlar a pandemia de covid-19, disse hoje o primeiro-ministro.

“Na próxima semana, o Governo anunciará a calendarização da saída progressiva e controlada das restantes restrições que vigoram após o estado de emergência”, afirmou o primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, numa mensagem ao país, em que anunciou a retoma das ligações marítimas de passageiros entre as sete ilhas sem casos de covid-19 a partir de segunda-feira.

O primeiro estado de emergência em Cabo Verde, em todo o país, entrou em vigor em 29 de março, obrigando ao dever geral de recolhimento e ao encerramento de empresas, entre outras medidas, tendo sido renovado em 18 de abril.

O Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, renovou o estado de emergência uma segunda vez, com início em 03 de maio, prolongando-se até às 24:00 do dia 14 de maio, mas apenas em Santiago (Praia) e na Boa Vista, as únicas ilhas com casos ativos de covid-19 no país.

“É preciso respeitar as forças de segurança e confiar nos profissionais de saúde. No entanto, quero deixar claro que este combate contra a covid-19 não se ganha sem o exercício da autoridade. Será exercido quando e onde for necessário para que a lei e as regras sejam cumpridas para a proteção da saúde pública”, avisou o primeiro-ministro.

A cidade da Praia, com casos diários da doença, que totalizam já 156 diagnosticados desde março em 25 bairros da cidade, é o principal foco de preocupação das autoridades, por estar em situação de transmissão comunitária da covid-19, mas as autoridades sanitárias e o Governo têm manifestado preocupação com o aparente relaxamento da população na aplicação das medidas de proteção e de distanciamento social.

“Na Boa Vista a situação está mais controlada. Na Praia podemos fazer o mesmo. Nos bairros, com a colaboração das pessoas, podemos todos fazer mais e melhor. Vamos lutar pelos nossos bairros fazendo-os sair da lista dos mais infetados”, disse, na mesma mensagem.

Ulisses Correia e Silva acrescentou que a “melhor forma de lutar é ficar em casa, evitar ajuntamentos, cumprir o distanciamento social, lavar as mãos várias vezes por dia e usar máscaras, comunitárias, de fabrico artesanal ou caseiro”.

Dirigindo-se às sete ilhas que já saíram do estado de emergência, o primeiro-ministro deixou o apelo: “É preciso continuar a respeitar as restrições em vigor. É preciso que cada pessoa se proteja continuando a evitar o ajuntamento, mantendo o distanciamento, lavando as mãos várias vezes por dia e usando máscaras”.

Cabo Verde regista 218 casos acumulados de covid-19, distribuídos pelas ilhas de Santiago (159), Boa Vista (56) e São Vicente (03, todos recuperados). No total, 38 pessoas já foram consideradas recuperadas pelas autoridades de saúde.

Em todo o país, duas pessoas acabaram por morrer, na Praia e na Boa Vista, e dois turistas estrangeiros, também infetados, regressaram aos países de origem, totalizando por isso 176 casos ativos em Cabo Verde.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou cerca de 267 mil mortos e infetou mais de 3,8 milhões de pessoas em 195 países e territórios.

Fonte: Sapo.cv


Opiniões dos Leitores

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com asterisco *