Current track

Title

Artist

Background

Niveis mais altos de vitamina K em idosos podem reduzir o risco de morte

Written by on 01/07/2020

Estes são os resultados de um estudo publicado no American Journal of Clinical Nutrition.

Avitamina K cai no esquecimento quando comparada com outras vitaminas mais populares como a C ou a D. Um estudo, no entanto, mostra que a vitamina K pode oferecer alguns benefícios sérios à saúde e à longevidade em indivíduos mais velhos.

Investigadores da Universidade Tufts observam que adultos mais velhos com baixos níveis de vitamina K têm maior probabilidade de falecer no espaço de 13 anos, em comparação com outros com idades semelhantes e com níveis mais altos da vitamina. 

Para chegar a esta conclusão, foram analisados quase 4 mil americanos, todos com idades entre os 54 e 76 anos. 

Os participantes foram colocados em grupos separados, dependendo dos níveis de vitamina K detectados no sangue. Nos 13 anos seguintes, o risco de ataque cardíaco e morte de cada grupo foi comparado.

Em relação às doenças cardíacas, os níveis de vitamina K parecem não ter muito impacto. Porém, aqueles com os níveis mais baixos de vitamina no sangue tiveram uma probabilidade 19% maior de morrer durante o período de acompanhamento de 13 anos, em comparação com os participantes que mostraram uma ingestão adequada de vitamina K.

A vitamina K é predominante em vários vegetais comuns. Folhas verdes como alface, couve e espinafres contêm níveis especialmente altos. 


Opiniões dos Leitores

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com asterisco *