Current track

Title

Artist

Background

Bastonário da Ordem dos Médicos pede urgência na resposta à nova variante

Written by on 02/03/2021

Face ao anuncio do ministério de Saude da presença da nova variante da covid-19 detetada no pais, Bastonário da Ordem dos Médicos de Cabo Verde solicitou “urgência” para uma resposta organizada e coordenada para “travar” a nova estirpe.

Já que está a ser detectada a nivel mundial, Danielson Veiga, avança que já era esperada a entrada de novas variantes na Cabo Verde, salientando que esta confirmação pode pôr em causa todo o trabalho realizado se as vacinas não forem disponibilizadas “a tempo e hora”.

Neste sentido, alerta para a mudança epidemiológica no Pais, indicando que a segunda fase da epidemia pode ser sentida a partir de agora no arquipélago que, desde Janeiro, começou a detectar aumento de casos da covid-19.

A Ordem dos Médicos realça ainda ser determinante “criar condições para a efetiva operacionalização quer da vigilância epidemiológica, quer da testagem precoce e imediata de todos os contactos de risco”, pelo que admite que “nem Cabo verde e nem nenhum país do mundo está com condições para combater as novas variantes que vão surgindo”.

Porém, realçou, a esperança de combate se assenta nas vacinas, apesar de afirmar que com o surgimento das variantes a comunidade cientifica tem levantado dúvidas sobre qual vai ser o quadro epidemiológico no futuro.

Danielson Veiga reiterou ainda que o combate à pandemia é ganho com o apoio e cumprimento das recomendações pela população e deixou o alerta para que seja preciso avançar com as vacinações, pois “a economia do Pais depende do turismo”.

De salientar que na conferência de imprensa de segunda-feira, para fazer o ponto de situação da covid-19 em Cabo Verde, o Ministério da Saúde anunciou a deteção de dois casos da nova variante na ilha de Santiago.


Opiniões dos Leitores

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com asterisco *