Current track

Title

Artist

Background

Covid-19: Em 2020, Cabo Verde pagou quarentena a mais de 2.200 trabalhadores

Written by on 02/03/2021

O Instituto Nacional de Previdência Social (INPS) atribuiu em 2020 um total de 2.212 subsídios para isolamento profilático de trabalhadores, ou quarentena, devido ao novo coronavirus.

Os dados constam de um relatório do INPS, com dados de 01 de Abril a 31 de Dezembro de 2020, periodo em que foram atribuidos subsídios para isolamento profilático de trabalhadores no valor global de quase 27,5 milhões de escudos (250 mil euros).

A medida beneficiou 1.112 trabalhadores do sexo masculino e 1.100 do sexo feminino.

A atribuição deste subsidio foi aprovado pelo decreto-lei 37/2020, de 31 de Março, que continha as primeiras medidas do Governo de apoio social, no âmbito da pandemia de covid-19, que então registava os primeiros casos no arquipélago e que levou à declaração do estado de emergência, para travar a sua progressão.

O documento estabelecia tratar-se de um “regime excecional” em matéria de proteção social, para os trabalhadores colocados em situação de isolamento, durante 14 dias, “motivado por situações de grave risco para a saúde”, garantindo um “subsídio correspondente a 70% da remuneração de referência”, mediante a emissão, pelas autoridades de saúde, da respetiva declaração.

O Governo cabo-verdiano estima que a crise económica provocada pela pandemia de covid-19 deverá provocar um “buraco” de 40 milhões de euros nas contas do INPS.


Opiniões dos Leitores

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com asterisco *