Current track

Title

Artist

Background

Portugal recomenda vacina da AstraZeneca para pessoas acima de 60 anos

Written by on 09/04/2021

As autoridades de saúde portuguesas recomendaram administração da vacina da AstraZeneca contra a covid-19 em pessoas acima dos 60 anos de idade, seguindo a decisão de mais de uma dezena de paises, que introduziram também restrições etárias.

Directora-geral da Saúde, Graça Freitas apelou ainda às pessoas que já receberam a primeira dose da vacina para que se “mantenham tranquilas”, uma vez que as reacções adversas que foram notificadas são “extremamente raras”.

Em relação à toma da segunda dose da vacina da AstraZeneca, a directora-geral considerou que quem já recebeu a primeira toma deve manter-se também “calmo e confiante”.

Vários paises já decidiram, entretanto, traçar limites e não administrar a vacina da AstraZeneca abaixo de certas idades por uma questão de segurança: 30 anos no Reino Unido, 55 anos em França, Bélgica e Canadá, 60 anos na Alemanha, Itália e nos Paises Baixos ou 65 anos na Suécia e na Finlândia.

Já hoje, a Austrália e as Filipinas juntaram-se à lista de países que estão a suspender a administração da vacina contra a doença covid-19 da AstraZeneca à população mais jovem, devido a preocupações relativamente à formação de coágulos sanguíneos.

Na quarta-feira, a Agência Europeia de Medicamentos (EMA) indicou uma “possivel ligação” entre a vacina da farmacêutica AstraZeneca e “casos muito raros” de formação de coágulos sanguíneos, mas insistiu nos benefícios do fármaco face aos riscos de efeitos secundários, dada a gravidade da pandemia.

No mesmo dia, a Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou que essa ligação é “plausivel, mas não confirmada”, considerando que são necessários estudos especializados.

No final de Março, a vacina da farmacêutica AstraZeneca contra a covid-19 passou a denominar-se Vaxzevria.


Opiniões dos Leitores

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com asterisco *