Current track

Title

Artist

Background

Presidência checa considera desproporcional sanção a Kudela

Written by on 15/04/2021

A presidência da República Checa considerou “desproporcional” e um “ataque à liberdade de expressão” a sanção de 10 jogos imposta ao futebolista Ondrej Kudela, do Slavia Praga, devido a insultos racistas num jogo da Liga Europa.

Na quarta-feira, a UEFA suspendeu Ondrej Kudela, defesa central do Slavia Praga, por 10 jogos em todas as competições, devido a insultos racistas num encontro frente ao Rangers, da Liga Europa.

O antigo ministro da Defesa Alexander Vondra considerou que o futebolista internacional checo foi suspenso “sem provas” .

Em causa estão alegados insultos de teor racista que Kudela terá proferido ao ouvido de Glen Kamara, jogador de nacionalidade finlandesa de origem da Serra Leoa, que denunciou esta atitude à equipa de arbitragem e aos seus companheiros, tendo depois agredido o adversário checo.

Por essa razão, a UEFA também decidiu punir o médio de 25 anos com três jogos de suspensão nas provas europeias.

Kudela e o Slavia Praga negaram sempre as acusações do Rangers e o clube apresentou, sem sucesso, uma queixa na UEFA devido ao alegado jogo violento da equipa escocesa nesse encontro.


Opiniões dos Leitores

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com asterisco *