Current track

Title

Artist

Background

Quimicos cancerigenos nos protetores solares são absorvidos pelo sangue

Written by on 07/05/2019

Químicos potencialmente perigosos e cancerígenos presentes em loções de proteção solar são absorvidos pela pele e invadem a corrente sanguínea.

Especialistas norte-americanos encontraram níveis de substâncias potencialmente cancerígenas no sangue de vários voluntários, que ultrapassavam os limites seguros estipulados pelos testes de toxicologia para cremes de proteção solar.

Os investigadores alertam agora que é necessária a realização urgente de mais pesquisas de modo a entender se os ditos químicos podem de facto provocar cancro, prejudicar a fertilidade dos indivíduos ou interferir no desenvolvimento das crianças.

A Agência de Alimentos e Medicamentos norte-americana (FDA) testou quatro protetores solares em 24 voluntários saudáveis, quatro vezes por dia, durante quatro dias.

A FDA recolheu ainda 30 amostras sanguíneas de cada participante por um período de uma semana de modo a verificar qual havia sido a exposição a químicos.

Porém, o efeito dessas concentrações ainda é desconhecido.

Mais pesquisas são necessárias

O médico e investigador David Strauss, da FDA, disse em comunicado: “A absorção sistemática dos ingredientes presentes nas loções de proteção solar apoiam a ideia de que são necessários mais estudos para determinar a significância clínica dos dados apurados”.

“E sublinhamos: estes resultados não indicam de todo que os indivíduos não devem usar protetor solar – o cancro da pele provocado pela exposição aos raios UV é uma realidade! E por agora continua a ser imperativo o uso de protetor solar!”.

Os químicos – ou ingredientes ativos – examinados foram nomeadamente a avobenzone, oxibenzona, octocrylene e ecamsule.

O novo estudo foi publicado no periódico científico American Medical Association.


Opiniões dos Leitores

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com asterisco *