Current track

Title

Artist

Background

Divida pública de Cabo Verde em 146% do PIB em agosto

Written by on 05/11/2020

De acordo com dados compilados a partir do Relatório de Política Monetária, divulgado na quarta-feira pelo Banco de Cabo Verde (BCV), o volume total da “dívida do Governo central” atingiu em agosto os 264,2 mil milhões de escudos influenciado pela forte quebra de receitas fiscais devido às restrições envolvendo a pandemia de covid-19.

Segundo o relatório do BCV, esse volume inclui passivos do banco central junto do Fundo Monetário Internacional (FMI) “que operacionalmente visam apoiar a execução do orçamento retificativo do Estado”, bem como os Títulos Consolidados de Mobilização Financeira (TCMF) detidos pelo Instituto Nacional de Previdência Social e Banco de Cabo Verde, além da dívida do Estado, atingindo assim um peso equivalente a 146% do PIB projetado para este ano.

O Governo cabo-verdiano tem vindo a recorrer ao endividamento, interno e externo, para compensar as quebras nas receitas, provocadas pela crise económica decorrente da pandemia de covid-19.

Globalmente, o BCV admite que a dívida do Governo central chegue aos 150% do PIB até final do ano.

Devido à pandemia de covid-19, o Governo cabo-verdiano prevê para 2020 uma recessão económica que poderá oscilar entre os 6,8% e os 8,5% e um défice das contas públicas de até 11,4% do PIB.

A taxa de desemprego no país deverá duplicar até final do ano, chegando a quase 20%.


Opiniões dos Leitores

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com asterisco *