Current track

Title

Artist

Background

Supremo dá 48 horas para governo explicar suspensão de ensaio de vacina

Written by on 11/11/2020

Autoridade sanitária do Brasil anunciou na terça-feira suspensão de ensaios clinicos da vacina Coronavac, do laboratório chinês Sinovac, contra coronavirus, após um incidente “grave” com um voluntário.

Perante a decisão, o ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), deu 48 horas à agência, que é vinculada ao ministério da Saúde, para explicar com melhor detalhe o porquê da sua decisão.

De salientar que a Anvisa não deu mais informações sobre o incidente, referindo apenas que a categoria de “evento adverso” pode incluir a morte, efeitos secundários potencialmente fatais, incapacidade ou invalidez persistente ou significativa, hospitalização ou outro “evento clinicamente significativo”.

A decisão foi comentada em tom de vitória por Jair Bolsonaro que já no mês passado havia dito que não se justificava o “aporte financeiro bilionário num medicamento que nem passou na fase de testes”, afirmando que “o povo brasileiro não será cobaia de ninguém”. O presidente do Brasil afirmava, ainda, que esta vacina “não seria comprada” pelo seu Governo.


Opiniões dos Leitores

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com asterisco *