Current track

Title

Artist

Background

Manifestação dos trabalhadores do INE com 80% de adesão

Written by on 29/01/2021

A manifestação dos trabalhadores do Instituto Nacional de Estatistica (INE) realizada nesta sexta feira, contou com a adesão de 80% e a greve agendada para 03 de Fevereiro, só será suspensa com a publicação do PCCS, avisa o sindicato.

Apesar da garantia do conselho de administração de que o Plano de Cargos Carreiras e Salários (PCCS) vai ser publicado nos próximos dias, os trabalhadores do INE trajados de preto e munidos de cartazes concentraram-se em frente ao edifício reclamando pela demora na publicação e exigindo desse instrumento de gestão de pessoal.

O delegado do SISCAP e técnico do INE, João Baptista Pina, adiantou que esse comunicado da administração do Instituto divulgado quarta-feira, 26, foi mais do mesmo e por isso não desmobilizou os colaboradores que estão indignados com aquilo que classifica de falta de respeito.

João Baptista Pina lembrou que os estatutos do INE foram publicados a 07 de Janeiro, e que por imperativo legal num prazo de 90 dias deveriam ser publicados os instrumentos de gestão de pessoal, algo que não acontece hoje.

O delegado sindical adiantou ainda que o Sindicato da Indústria, Serviço, Comércio, Agricultura e Pesca (SISCAP) manteve vários encontros com a secretária de Estado para a Modernização Administrativa e com o conselho de administração que garantiram a publicação do PCCS até ao final de 2020.

Dos cerca de 60 técnicos, quadros da instituição, 45 estiveram na manifestação. A parte restante que não aderiu ao protesto é integrada na sua maioria por prestadores de serviços e chefias, conforme indicou o delegado sindical.

O presidente do SISCAP, Eliseu Tavares, salientou que a greve, marcada para o dia 03 de Fevereiro só será suspensa se até à data for publicado o PCCS. Caso contrário todos que que saíram à rua hoje vão aderir à paralisação de 24 horas.


Opiniões dos Leitores

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com asterisco *