Current track

Title

Artist

Background

Hospital Nacional Cabo Verde terá capacidade para 134 camas

Written by on 03/03/2021

Projecto de Hospital Nacional de Cabo Verde prevê ter capacidade para 134 camas, das quais 12 de cuidados intensivos, e deverá custar 7,2 milhões de contos, incluindo equipamentos que consumirão mais de 50% do montante a investir.

De acordo com o projecto apresentado, na Cidade da Praia, a infra-estrutura, que será dotada de equipamentos “modernos e alta tecnologia”, ficará localizada na zona de Achada Limpa, na Cidade da Praia, e o prazo para sua conclusão é de três a quatro anos.

Segundo o diretor Nacional da Saúde, Jorge Noel Barreto, esse projecto vem propor soluções para que o País possa contar com a disponibilidade de serviços e fazer face às situações de “maior complexidade”.

A proposta, indicou o responsável, é que o mesmo seja complementar, como forma de “maximizar a utilização dos recursos nos hospitais centrais” existentes onde, conforme indicou, já se fizeram “grandes investimentos”.

O acto de apresentação do projecto do Hospital Nacional de Cabo Verde foi presidido pelo primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, que afirmou que com mais este passo o Governo está a cumprir “um compromisso importante” do seu programa de governação.

O chefe do Governo realçou que esse hospital será público, integrado no Serviço Nacional de Saúde (SNS) e que apesar de estar na Cidade da Praia irá servir todo o País.

Questionado porque é que só agora o Governo decidiu fazer essa apresentação, Ulisses Correia e Silva explicou que o projecto da construção do hospital é uma ideia que surgiu há dois anos .

O objectivo deste novo hospital é de reduzir as transferências externas de doentes que anualmente Cabo Verde realiza, tendo em conta “o défice de prestação de cuidados de saúde em determinadas áreas”, inserir em rede colaborativas com hospitais e centros de referência e posicionar Cabo Verde como um País “seguro do ponto de vista sanitário e de saúde”.


Opiniões dos Leitores

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com asterisco *