Current track

Title

Artist

Background

Covid-19: Aeroportos de Cabo Verde perderam 89% dos passageiros

Written by on 09/03/2021

Os aeroportos nacionais agravaram a perda de movimento em Fevereiro, com pouco mais de 25.000 passageiros, uma quebra de 89% face ao mesmo mês de 2020, antes da pandemia de covid-19 afetar o tráfego aéreo.

Conforme um boletim de tráfego da empresa pública Aeroportos e Segurança Aérea (ASA), os aeroportos de Cabo Verde receberam no mês de Fevereiro deste ano um total de 663 aeronaves em voos internacionais e domésticos.

Já o número de passageiros em embarques, desembarques e trânsito foi de 14.283 em voos domésticos e 11.067 em voos internacionais, totalizando desta forma 25.350 passageiros, contra os mais de 232 mil em Fevereiro de 2020 (-89%).

Os aeroportos cabo-verdianos já tinham perdido 85% dos passageiros e 75% do movimento de aeronaves em Janeiro, em termos homólogos.

O Aeroporto Internacional Amilcar Cabral, na ilha do Sal, a mais turistica de Cabo Verde e que tem registado um movimento anual acima de um milhão de passageiros, contou em Fevereiro com apenas 4.256 passageiros em desembarques e embarques de voos internacionais e domésticos – 5.548 em Janeiro -, que representa uma quebra de 96% face ao mesmo mês de 2020.

O aeroporto da capital, na Praia, movimentou em Fevereiro um total de 14.451 passageiros – 22.463 em Janeiro – em voos internacionais e domésticos, uma quebra de 69% face ao mesmo mês de 2020.

Cabo Verde tem quatro aeroportos internacionais, onde movimentaram quase 776.000 passageiros em 2020, perdendo praticamente dois milhões de passageiros no espaço de um ano (-72%), devido à pandemia, segundo dados anteriores da ASA.


Opiniões dos Leitores

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com asterisco *