Current track

Title

Artist

Background

Guiné Equatorial formalizou pedido de apoio a Portugal e CPLP após explosões

Written by on 09/03/2021

O embaixador da Guiné Equatorial em Lisboa disse ter pedido oficialmente ajuda de emergência a Portugal e aos restantes membros da CPLP na sequência das explosões de domingo em Bata, que causaram dezenas de mortos e centenas de feridos.

Várias explosões nos depósitos de armamento de um quartel na cidade portuária de Bata, na parte continental da Guiné Equatorial, destruiram quase totalmente as casas e edifícios num raio de cerca de mais de dois quilómetros.

Os números oficiais provisórios apontam que 98 pessoas morreram nos hospitais e entre 500 e 600 terão ficado feridas, embora haja discrepâncias nos números, mesmo dentro do próprio Governo da Guiné Equatorial.

Na sequência das explosões, consideradas acidentais, o chefe de Estado, Teodoro Obiang, lançou um apelo à comunidade internacional para que ajude a Guiné Equatorial, numa altura em que o pais vive uma crise sanitária devido à pandemia de covid-19 e uma crise económica por causa da quebra dos preços do petróleo.

O embaixador Tito Mba Ada disse que “neste momento de tristeza”, a Guiné Equatorial precisa de ajuda da comunidade lusófona, nomeadamente dos países que têm experiência em gestão de crises.

O embaixador admitiu dificuldades em definir com precisão o tipo de ajuda necessária, adiantando que o “tudo é necessário e todo o apoio será bem-vindo”.


Opiniões dos Leitores

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com asterisco *