Current track

Title

Artist

Background

Cabo Verde terá a primeira plataforma de financiamento da EAS

Written by on 25/03/2021

Cabo Verde terá a primeira plataforma de financiamento da economia azul sustentável a nível mundial que irá servir também aos pequenos estados insulares em desenvolvimento, afirmou o presidente da Bolsa de Valores de Cabo Verde.

Declara Miguel Monteiro, durante a abertura da formação sobre “Finanças Sustentáveis”.

Explicou que no âmbito deste projecto está prevista a criação e hospedagem de uma nova plataforma na internet de âmbito regional dedicada ao financiamento sustentável para capitalizar a economia azul a nível doméstico, mas também da sub-região com o objetivo de vir a servir também os pequenos estados insulares em desenvolvimento.

Esta formação, segundo Miguel Monteiro é o início de um processo que irá conduzir a novos instrumentos de financiamentos, novos mercados, diversificação da economia, maior dinâmica, ou seja, maior bem-estar da população cabo-verdiana, com a redução da pobreza, maior inclusão social das mulheres, mas também melhor desempenho das micro e pequenas empresas no acesso ao investimento sustentável.

Revelou que esses novos instrumentos de financiamento incluem obrigações, ações, fundos e outros instrumentos rotulados de “Green Blue Social Sustentável (ISDG) e que brevemente estarão disponíveis para novas abordagens no acesso ao financiamento.

Segundo o presidente, a implementação desta plataforma está inserida na ambição 2020/30 e do Plano Estratégico de Desenvolvimento Sustentável (PEDS) e contará com o apoio e suporte do Governo de Cabo Verde, do PNUD, outros parceiros do sistema das Nações Unidas.

Por seu turno, o diretor nacional de planeamento, Gilson de Pina, sublinhou que a ideia é traçar linhas para capacitar o sector público, mas também o privado para que juntos possam desenvolver Cabo Verde.


Opiniões dos Leitores

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com asterisco *