Current track

Title

Artist

Background

Pandemia de covid-19 matou pelo menos 2.862 pessoas em todo o mundo

Written by on 06/04/2021

A pandemia de covid-19 matou pelo menos 2.862.002 pessoas em todo o mundo desde que foi detetado o primeiro caso na China, em dezembro de 2019, de acordo com um relatório diário elaborado pela agência francesa de notícias AFP.

Mais de 131.711.580 casos de infecção foram oficialmente diagnosticados desde o início da pandemia e, embora a grande maioria dos doentes recupere, uma parte mantém os sintomas durante semanas ou até meses.

Os números avançados têm como base os valores comunicados diariamente pelas autoridades de saúde de cada país e excluem as revisões ‘a posteriori’ feitas por agências de estatística, como acontece na Rússia, em Espanha e no Reino Unido.

Nas últimas 24 horas, foram registados 479.809 novos casos da doença em todo o mundo e 7.262 mortes, tendo o Brasil sido o país com maior número (1.319 mortes), seguido da Índia (446) e da Ucrânia (430).

Os Estados Unidos são até hoje o país mais afetado em termos de mortes e de casos, com 555.615 mortes e 30.785.412 casos, de acordo com a contagem da Universidade Johns Hopkins.

Depois dos Estados Unidos, os países mais afetados são o Brasil, com 332.752 mortes e 13.013.601 casos, o México, com 204.399 mortes (2.251.705 casos), a Índia, com 165.547 mortes (12.686.049 casos), e o Reino Unido com 126.862 mortos (4.362.150 casos).

Entre os paises mais atingidos, a República Checa é o que apresenta o maior número de mortes em relação à sua população, com 254 mortes por cada 100.000 habitantes, seguida pela Hungria (229), a Bósnia (212), o Montenegro (210) e a Bélgica (200).


Opiniões dos Leitores

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com asterisco *