Current track

Title

Artist

Background

“Uma comunicação social independente é um dos pilares da democracia” – PR

Written by on 04/05/2021

Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, disse que uma comunicação social independente é um dos “pilares da democracia e, naturalmente, ela reflecte e traduz os avanços e desafios que se perfilam na sua construção”.

Jorge Carlos Fonseca fez essas considerações ao presidir à cerimónia de abertura da conferência/debate intitulada “Jornalismo em tempos de pandemia, evento promovido pela Associação Sindical dos Jornalistas de Cabo Verde (AJOC), para assinalar o Dia Mundial da Liberdade de Imprensa.

Ainda salientou o papel de ‘parceiro’ que toda a comunicação social assume, directa ou indirectamente, numa crise sanitária de proporções, como a de covid.

Tb a margem do dia o presidente cessante da AJOC disse que, à semelhança do que acontece em várias partes do mundo, os profissionais da comunicação social cabo-verdianos estão também a sofrer com os impactos da covid-19 no exercício da sua profissão.

Segundo Carlos Santos, na tentativa de controlar a propagação da pandemia, as autoridades têm adoptado algumas medidas, que vão desde a declaração da situação de contingência passando pela calamidade até ao estado de emergência.

De refere que o jornalista Geremias Furtado, da agência cabo-verdiana de notícias, foi eleito, este domingo, em assembleia-geral, o novo presidente da Associação dos Jornalistas de Cabo Verde (AJOC).

A continuidade da estabilidade financeira da organização, conquistada pela gestão cessante, foi apontado como um dos grandes objectivos da sua gestão.

E de acordo com organização não governamental que anualmente monitoriza a morte de jornalistas no exercício da profissão esclareceu Mais de 1.200 jornalistas morreram por causa da pandemia.

A organização não governamental que anualmente monitoriza a morte de jornalistas no exercício da profissão esclareceu que mais da metade dos profissionais mortos com covid-19 eram latino-americanos (668), enquanto na Ásia ocorreram 281 mortes, na Europa 175, em África 56 e na América do Norte 47.


Opiniões dos Leitores

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com asterisco *