Current track

Title

Artist

Background

Violência sexual é a que deixa as vitimas mais vulneráveis e com sequelas

Written by on 04/06/2021

Especialistas indica que crianças e os adolescentes vítimas de agressão e abuso sexual passam por traumas inimaginável que as deixam vulneráveis diante sociedade que por vez as julgam e condenam.

A especialista em psicologia clinica fez esta leitura no Dia Internacional das Crianças Inocentes Vitimas de Agressão e Dia Nacional de Prevenção e Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Menores assinalado a 04 de junho.

Aliana Carvalho afirmou que a violência sexual é a que deixa as vitimas mais vulneráveis e com sequelas que as levam a ter sentimento de culpa, a odiar o corpo, podendo até tornar-se vitimas de relações abusivas.

Disse que acompanhamento psicológico, ajuda a minimizar e a ultrapassar a violação, mas nunca ajuda a esquecer o facto, visto tratar-se de uma ferida que “nunca se cura”.

Para a presidente da Associação Crianças Desfavorecidas (Acrides), alteração da lei foi a medida que melhor contribuiu para minimizar o problema já que se passou a considerar crime sexual, que antes era tido até 14 anos, até aos 16 anos.

Apesar dessa mudança, admite que o país necessita melhorar mais no que respeita a respostas no domínio da justiça, assim como no atendimento à vítima e à criação de salas de escuta para atendimento de crianças e adolescentes vítimas de abuso sexual.

Apesar de não haver dados concretos, em Setembro de 2020, um relatório da ONU apontava um aumento de casos de abuso sexual de menores em Cabo Verde, provocado pelo confinamento imposto pela pandemia da covid-19.


Opiniões dos Leitores

Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com asterisco *